albine

SUBSTITUTO DE POLÉN – SUPLEMENTO PROTÉICO PARA ABELHAS

Posted on Segunda, 31 de Outubro de 2016 · Posted in Albine, Hranirea albinelor

LEVEDURA SECA INSTANTÂNEA DE CERVEJA INATIVADA

SUBSTITUTO DE POLÉN – SUPLEMENTO PROTÉICO PARA ABELHAS

 

Descrição do produto:

A levedura forrageira é constituida 100% por  levedura de cerveja (Saccharomyces

cerevisiae) que resulta do processo tecnológico de produção de cerveja. Ista é secada e

inativada por meio de uma tecnologia específica. Apresenta-se em pó castanho claro,

com sabor doce-amargo, com cheiro e sabor específicos da levedura.

Administração:

1. COMO TAL – na Primavera, depois do voo de limpeza, a levedura coloca-se na frente das colmeias, em vasos com boca larga. Faz-se adestramento à                        entrada da colmeia. A quantidade de levedura pode chegar até a 200g /dia/família.

  1. TORTAS DE PROTEÍNAS – Misturar 6 kg de açúcar em pó com 1kg de levedura. Misturar bem, adicionar 2 kg de mel. Misturar todos os ingredientes e corrigir a consistência adicionando mel. Administrar na Primavera, no Outono e nos Verões secos, como tortas de 200 g.

3.EM XAROPE – max.10% bem misturado (1 kg levedura + 9 kg xarope).Administra-se depois da colheita e extração de mel. Preparar apenas a quantidade necessária. Se a mistura não for consumida num prazo de 2-3 dias, retirar e limpar.

 

Parâmetros técnicos:

Proteína min.            40,0%

Humidade                    6,0%

Lipídios totais              1,0%

Fibra bruta                   2,0%

Cinza                              6,0%

Aminoácidos

Metionina                      0,6%

Lisina                              3,5%

Cistina                             0,6%

Treonina                         2,0%

Triptofano                      0,7%

Minerais

Cálcio                               0,2%

Magnésio                         0,2%

Sódio                                 0,2%

Fósforo                               1,5%

Selénio                          1mg/kg

Cobre                          30mg/kg

Ferro                           70mg/kg

Zinco                           50mg/kg

Manganês                  30mg/kg

Vitaminas

B1                                 70mg/kg

B2                                 25mg/kg

B6                                 25mg/kg

Colina                     3500mg/kg

Niacina                     400mg/kg

Ácido pantotênico   100mg/kg

Ácido fólico                 18mg/kg

Biotina                         85mg/kg

 

BENEFÍCIOS DO USO DA LEVEDURA FORRAGEIRA DE CERVEJA  SECA INATIVADA NA ALIMENTAÇÃO DAS ABELHAS

-Potencia o desenvolvimento adequado das colónias de abelhas, de modo a alcançar o máximo de desenvolvimento no início das grandes colheitas.

-No Outono ajuda formar um corpo gordo.

-Estimula a multiplicação nas colónias de abelhas  e um início precoce do trabalho.

-Estimula a potência.

-Através da substituição do pólen de origem desconhecida por levedura de cerveja, limita-se o risco de doenças (Loque, Nosemose, a doença negra etc)

 

A LEVEDURA SECA DE CERVEJA INATIVADA

UM INGREDIENTE PRECIOSO NA ALIMENTAÇÃO DAS ABELHAS

 

Para o desenvolvimento adequado e máximo das abelhas no início das colheitas, a alimentação com proteínas é mais do que necessária. Tais tratamentos são aplicados especialmente quando há uma falta de pão de abelha nas colmeias. A levedura seca de cerveja é o melhor substituto do pólen, proporcionando tanto a proteína necessária como um complexo de vitaminas, minerais, oligoelementos e aminoácidos essenciais e não essenciais. Tudo isto é possível graças ao processo tecnológico específico de secagem e inactivação instantânea da levedura de cerveja, qualquer outro método empírico resultando na destruição de moléculas dos constituintes da levedura, deste modo reduzindo drasticamente a sua qualidade.

Outra vantagem é que, utilizando a levedura seca de cerveja, elimina-se o risco de transmissão de doenças. As alimentações com proteínas fazem-se geralmente no Outono e na Primavera, mas também no Verão, nos períodos secos, quando há uma falta de pólen na natureza, o que limita a postura de ovos e favorice o debilitamento das colónias de abelhas.

As alimentações com proteínas ajudam formar o corpo gordo, estimulam a multiplicação das abelhas e permitem um início precoce. Na ausência do consumo de proteínas, a abelha-rainha não começa a postura de ovos, e as abelhas jovens não podem substituir a tempo as abelhas velhas.